Edição 34 – Janeiro 2013

A Revista WARM UP abre sua primeira edição de 2013 com o melhor piloto em atividade no automobilismo brasileiro. Pentacampeão da Stock Car, Cacá Bueno faz uma avaliação do ano que se passou e do quanto aprendeu ao correr em quatro categorias distintas em 2012, quando conquistou, além do título na Stock, o tri da Copa Fiat, extinta em dezembro passado. Também em dezembro passado, Cacá poderia ter alcançado mais um título, no GT Brasil, mas um jogo de equipe dos mais estranhos tirou da BMW e de Bueno a taça de campeão, que ficou com Cleber Faria e Duda Rosa.

Sem papas na língua, Cacá não poupou críticas à maneira como a manobra para evitar que a BMW fosse campeã, tanto do GT3 quanto do GT4, foi conduzida por seus rivais na pista. Na seção Grandes Entrevistas, Bueno revela a Evelyn Guimarães que está muito próximo de seguir Antonio Hermann e correr no GT Series, substituto do Mundial de GT, além, claro, da Stock Car, onde tentará seu sexto título em um grid que terá Rubens Barrichello em sua primeira temporada completa na categoria.

A WARM UP, em sua edição 34, traz o esporte a motor sob outra ótica. Em reportagem assinada por Juliana Tesser, fotógrafos consagrados no Brasil e no mundo contam suas experiências na cobertura de um esporte tão fascinante. Um deles conta que recebeu de Ayrton Senna um impulso decisivo para construir sua carreira de sucesso. Quem é ele? Leia a seguir.
Em tempos de automobilismo de base cada vez mais fraco no Brasil, Felipe Giacomelli fez uma viagem no tempo e trouxe a história da Petrobras Junior. Entre o fim dos anos 90 e começo dos anos 2000, quando a economia por aqui ainda vivia tempos de crise, o time, que tinha boa parte do seu orçamento bancado pela petrolífera nacional, foi o responsável por desenvolver e tentar levar pilotos brasileiros para a F1. Lembre detalhes deste projeto e saiba porque tal iniciativa já não acontece mais por aqui.

Renan do Couto, por sua vez, traz reportagem especial sobre a ampliação do investimento da Pirelli no esporte a motor, no mundo e no Brasil. Cada vez mais, a fornecedora de Milão está comprometida com a F1, onde pode ficar até o fim da década. E, no fim do ano passado, a fábrica confirmou seu retorno à Stock Car, com pneus construídos na mesma fábrica de onde são feitos os compostos da F1, em Izmit, Turquia. O jovial Do Couto traz também um bate-bola com Fabio Lopes, brasileiro que foi promovido a diretor-comercial da Pirelli.

A WARM UP tem também a presença de um Ícone mexicano no automobilismo. Adrián Fernández deixou momentaneamente a pilotagem para se dedicar à carreira de empresário de Sergio Pérez, novo piloto da McLaren. Desde o meio de 2012 na condução da carreira do jovem de Guadalajara, Fernández foi um dos responsáveis por negociar o futuro de Pérez com o time britânico. Em entrevista a Fernando Silva para a seção Stop & Go, Fernández revelou quando a McLaren iniciou as conversas por Pérez e o que espera do seu jovem pupilo nesta nova fase da carreira.
Não deixe de ler também as seções Lado a Lado, com Nelson Piquet e Nigel Mansell, a 10+ com corridas da F1 realizadas em janeiro, além das colunas de Felipe Corazza e Americo Teixeira Jr., com uma pensata bem interessante sobre os rumos do automobilismo por aqui. Afinal, existe uma receita para fazer com que a base do esporte a motor brasileiro volte a ser frutífera? Leitura mais do que recomendada.

Boa leitura

Os comentários estão encerrados.