Edição 44
Novembro/2013

Lado a lado: Brasil na F1 x Brasil na Indy

Enquanto o Brasil vive um jejum de vitórias nas F1 desde o GP da Itália de 2009, o histórico do país na Indy vai melhorando, e o número de conquistas nos EUA já supera as do Mundial

RENAN DO COUTO, de São Paulo, com arte de BRUNO MANTOVANI
Brasil vai completar quatro temporadas sem vencer na principal categoria do automobilismo mundial. O hino brasileiro não toca em um pódio da F1 desde 2009, quando Rubens Barrichello conquistou o GP da Itália com o carro da Brawn. Enquanto isso, a lista de sucessos dos pilotos tupiniquins nos Estados Unidos vai crescendo e abrindo vantagem para os êxitos no Mundial.

Ainda que os brasileiros tenham começado a vencer na Indy mais de uma década depois do que na F1, o número de triunfos no certame norte-americano é superior: 108 a 101.

A primeira mudança na liderança em favor da Indy aconteceu em 2007. O bom ano de 2008 de Felipe Massa chegou a recolocar a F1 à frente, mas as conquistas de Helio Castroneves nas 500 Milhas de Indianápolis e no Texas, em 2009, fizeram a Indy atingir a histórica marca de 100 vitórias primeiro. E, desde o último triunfo de Barrichello em Monza, Castroneves ganhou outras seis provas e Tony Kanaan, duas.

É bem verdade que as estatísticas da IRL e da Champ Car foram unificadas, portanto, dados de dois campeonatos foram contabilizados entre 1996 e 2008 – ou seja, o número de corridas disputadas é maior. De qualquer maneira, o crescimento da Indy neste século é notável: 77 vitórias contra 22 na F1 desde 2000.
Arte: Bruno Mantovani
 

Comentários

Matéria anterior

Adeus, marginais
Este humilde colunista conseguiu, finalmente, abandonar o carro. Parece simples, mas isso demanda uma engenharia pessoal e familiar digna dos melhores projetos da NASA
por Felipe Corazza