Edição 51
Junho/2014

Lado a lado: A F1 nos anos de Copa do Mundo

A REVISTA WARM UP comparou os resultados dos Mundiais de F1 nos anos de Copa do Mundo e traz algumas curiosidades e coincidências a respeito dos dois maiores campeonatos do esporte

RENAN DO COUTO, de São Paulo, com arte de BRUNO MANTOVANI
Ninguém é de ferro, e a REVISTA WARM UP também entra no clima da Copa das Copas neste mês de junho para comparar os resultados dos dois maiores campeonatos mundiais do planeta: o de F1, organizado pela FIA, e o de futebol, da Fifa. E o ‘Lado a lado’ vem no melhor estilo “você sabia?” com algumas coincidências envolvendo as competições.

Você sabia que...

...nacionalidade do campeão da F1 e seleção campeã da Copa nunca coincidiram? Tremei, Nico Rosberg...

...a única vez que a decisão do Mundial de F1 aconteceu no país da Copa foi em 1954, na Suíça?

E a pequena nação centro-europeia nunca mais recebeu nem a F1, nem a Copa do Mundo depois disso. Talvez não seja uma boa o campeonato fechar no GP do Brasil em 2014...

...e que, dessa lista de países que foram palco de decisões de F1, sete já abrigaram Copas?

...desde que a Alemanha conquistou seu primeiro título na F1, em 1994, com Michael Schumacher, nunca mais faturou a Copa do Mundo? Mas essa última acabou de vez...

...a Alemanha é o único país que teve pilotos celebrando o título da F1 três vezes em anos de Copa do Mundo? 1994, 2002 e 2010 — Copa sim, Copa não. Seguindo o raciocínio, Nico Rosberg vai terminar o ano chupando dedo...

...levando esse último aspecto em conta, o Brasil, a Finlândia e a Inglaterra são bicampeões?

...quando ingleses foram campeões em anos de Copa, o Brasil foi campeão no futebol? 1958 e 1962.

...todos os países que viram finais da F1 já foram representados por suas seleções na Copa do Mundo?

...dos países que sediaram copas, apenas o Chile jamais teve um GP disputado em seu território?

...nove dos 17 Mundiais de F1 que coincidiram com Copas do Mundo terminaram com um piloto sendo campeão pela primeira vez? No que diz respeito a seleções de futebol, o número é menor: seis.
Arte: Bruno Mantovani
 

Comentários